Estudo experimental de tensões e deformações em camadas da infraestrutura e superestrutura ferroviária

Doutorados defendidos no Brasil
Regras do fórum
Apenas doutorados defendidos no Brasil
Avatar do usuário
George Rangel
Mensagens: 147
Registrado em: 11 Out 2014, 10:56
Localização: São Simão/GO - Uberlândia/MG - Rio de Janeiro/RJ
Idade: 32
Contatar:
Status: Offline

Estudo experimental de tensões e deformações em camadas da infraestrutura e superestrutura ferroviária

Mensagem por George Rangel » 23 Fev 2015, 15:45

Autor: Rudney C. Queiroz (Queiroz R. C.)

Orientador: Prof. Dr. Nélio Gaioto

Instituição: Universidade de São Paulo - USP
Departamento: Geotecnia
Cidade: São Carlos
Ano: Outubro/1990

Acesso à tese através do contato com o autor: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextua ... K4797242J4

Resumo:
Através de ensaios em laboratórios, analisam-se as tensões e deformações em modelos, na escala natural, de uma seção de via permanente ferroviária. Utilizou-se solo compactado, representando as camadas finais de terraplenagem, lastro, dormentes de aço, de madeira e concreto protendido monobloco. Solo e contato lastro-solo foram instrumentados através de células de tensões totais; medidores de recalques foram posicionados nos mesmos níveis das células de tensões. Os carregamentos foram aplicados com atuadores de cargas, funcionando de forma estática e dinâmica, medindo-se as tensões e deformações após um certo número de ciclos de cargas, em intervalos pré-determinados. Constatou-se que a distribuição das tensões e das deformações, transmitidas pelos dormentes de aço e madeira, possuem comportamento similar; melhor desempenho obteve-se com o dormente de concreto. As deformações apresentaram comportamento não linear em relação ao número de solicitações, mostrando que o módulo de deformação da via cresce com as solicitações.

Responder